segunda-feira, 31 de maio de 2010

40 Coisas que Aprendemos com Super-Heróis


1. Ninguém nunca morre para sempre, aliás a morte é uma entitade extremamente incompetente.

2. Uma roupa colante pode se rasgar em muitos lugares, menos na máscara. A máscara de uma roupa colante é indestrutível.

3. Ninguém é capaz de reconhecer outra pessoa pelo som da voz: até mesmo um marido ou esposa pode falar com seu cônjuge e não reconhecê-lo, desde que ele/ela esteja usando uma máscara.

4. Da mesma forma, nunca ninguém faz testes de DNA para descobrir a identidade de, por exemplo, um criminoso fantasiado que escala paredes.

5. Heróis verdadeiros nunca tentam melhorar o mundo, apenas impedi-lo de ficar pior. Impedir um maluco de uniforme de construir um “raio da morte” é muito mais importante do que, sei lá, acabar com a fome.

6. Ficar obcecado para o resto da vida com uma tragédia do passado e sair por aí espancando pessoas não faz de você um psicopata, mas um herói.

7. Vestir uma roupa de morcego e uma capa não faz você parecer um idiota: faz você parecer ameaçador.

8. Ser herdeiro de uma fortuna significa automaticamente que você nunca vai ter quaisquer problemas de dinheiro, mesmo que não trabalhe e gaste milhões em bases subterrâneas e engenhocas tecnológicas.

9. Nova Iorque é a única cidade do mundo que é alvo de todo tipo de ataques alienígenas, demoníacos, interdimensionais e de super vilões de toda espécie (além de algumas outras como Star City, Central City e Metrópolis que, misteriosamente, não estão no mapa). A pergunta que não quer calar é simples: Por que alguém ainda mora lá?

10. A existência comprovada de alienígenas, mutantes e deuses não abalaria em nada a fé, personalidade ou cotidiano das pessoas normais. Por mais absurdo que possa parecer alguns insistiriam no ceticismo, mesmo se fossem amigos pessoais de um deus ou anjo.


11. Ser “um monstro, temido e odiado pelo mundo” significa ser forte, lindo e musculoso.


12. Todo mundo que é medianamente inteligente é capaz de inventar portais dimensionais, armaduras tecnológicas e jatos super-tecnológicos. Até mesmo um estudante de segundo grau pode inventar um tipo de cola mágica no porão de sua casa. Se você não consegue inventar nada disso, você é burro.


13. Os melhores cientistas sempre usam roupa colante e criam coisas incríveis que nunca saem de seus laboratórios.


14. Você pode ter o título de “capitão” sem nunca ter qualquer responsabilidade militar.


15. A roupa mais prática para uma mulher lutar é aquela que revela mais do seu corpo, mesmo que ela não seja invulnerável e lute com sujeito armados. Seria mais prático usar uma lingerie.


16. Todos os heróis são bonitos e musculosos, ou, no caso de mulheres, peitudas. Se alguém não preenche estes requisitos, então não é herói – não importa quantas vidas salve.


17. Todas as pessoas que NÃO nasceram nos Estados Unidos falam inglês – mas usam as palavras de suas línguas nativas quando dizem “amigo”, “meu Deus”, “sim”, “não” e “obrigado”.


18. Você pode matar tantas pessoas quantas quiser, desde que vista roupa colante – e será um herói.


19. As pessoas conseguem falar muito mais rápido quando estão saltando. No meio de um salto, é possível fazer um discurso de vários minutos antes de cair no chão.


20. Qualquer treinamento em artes marciais faz de você uma máquina lutadora, capaz de saltar dezenas de metros entre prédios e suportar dezenas de golpes.


21. Estranhamente, ninjas são as coisas mais frágeis do universo – qualquer um é capaz de vencer um ninja com um simples soco.


22. A regra acima não se aplica caso a ninja seja mulher e vista pouca roupa.


23. Dormir é para os fracos. Qualquer um com um mínimo de determinação é capaz de trabalhar o dia inteiro e combater o crime a noite inteira.


24. Para cientistas e médicos, é muito mais importante inventar um “soro do super-soldado” ou uma nova arma do que, por exemplo, curar o câncer ou a AIDS.


25. Um cientista estuda TODOS os ramos da ciência.


26. Repetir seus planos para si mesmo é uma coisa muito engraçada – todos riem às gargalhadas depois de fazê-lo.


27. No Japão só existem ninjas e samurais, e todas as famílias seguem à risca as “tradições ancestrais”.


28. Uma invasão alienígena, genocídio ou praga de demônios não irá preocupar um grupo de heróis caso outro grupo já esteja envolvido no caso. Os heróis sempre confiam muito na competência uns dos outros.


29. Alguém que treina adolescentes problemáticos para serem soldados da sua “utopia racial” não é um maníaco que abusa de menores: é um pacifista que se esforça por seu sonho.


30. Bomba atômica não mata ninguém; só dá superpoderes.


31. Apesar de toda a super ciência do mundo, as pessoas continuam a usar os mesmos meios de transporte, a exploração espacial não foi iniciada, policiais usam armas de fogo convencionais, não há robôs trabalhando para as pessoas e as mesmas doenças continuam matando.


32. Praticamente 90% da população superhumana surgiu nos EUA, até se você é um deus nórdico ou grego, por algum motivo vive na América. Além disso a maioria destes super seres vive em Nova York o que leva a crer que o número de nova iorquinos normais deve ser ridículo.


33. Todo super herói sabe costurar, embora a maioria tenha uma mau gosto terrível.


34. Nunca tenha medo de experiências perigosas ou bizarras, pois o tamanho do risco é proporcional a chance de você vir a ganhar poderes.


35. Arco e flecha é uma arma tão boa quanto pistolas, lasers, canhões protônicos e lança mísseis. Na verdade não importa a arma e sim a sua habilidade, se você tiver o treinamento correto até com um estilingue pode derrotar uma frota espacial.


36. Itens mágicos e armas futuristas são tão comuns que você as consegue até no mercado livre.


37. Apesar de qualquer briguinha de casal entre super seres destruir metade da cidade de Nova York, estranhamente nenhum inocente morre, no máximo sofre uns arranhões. Além disso a cidade tem sempre dinheiro para ser reconstruída em tempo hábil para a próxima superbatalha.


38. Se você ganhou seus poderes de alguma forma, você é um meta humano e as pessoas vão te amar, agora se você já nasceu com poderes é um mutante e elas vão te odiar. É assim que as pessoas agirão, muito embora isso não faça o menor sentido.


39. Todo mundo que ganha super poderes decide se tornar herói ou vilão, ninguém pensa em ganhar dinheiro ou simplesmente impressionar as mulheres.

40. Crises de proporções universais ocorrem o tempo todo e ninguém se preocupa de verdade, afinal de contas tudo vai se resolver de um jeito ou de outro, na verdade é até um bom momento para reunir todo mundo e rever os amigos.

sábado, 29 de maio de 2010

Vigilante Rodoviário

Credito http://hqquadrinhos.blogspot.com/


quarta-feira, 26 de maio de 2010

CAPITÃO NINJA Marcelo Cassaro - Brasil


segunda-feira, 17 de maio de 2010

Xaveca Batman

http://4.bp.blogspot.com/_MuCmANaM3y4/S9cp_MRGvDI/AAAAAAAAARs/PcNJTUg4xdA/s1600/coringa+tatu.jpg

domingo, 16 de maio de 2010

Primeiras capas

http://macaxeirageral.net/wp-content/uploads/2009/06/amazing_spidey.jpg
Maio de 1939, Batman aparece pela primeira vez

Vejam o valor que era naquela época… apenas 10¢, ou seja, apenas 10 centavos..

Impressa em Fevereiro de 1940, é a primeira aparição de Capitão Marvel. Foi impressa erroneamente como edição nº2 e o seu valor hoje é em torno de U$90.000,00

Esta é a edição Nº 1 do Super Homem lançada em Junho de 1938, e sim, essa é a que foi vendida por 1 Milhão de Dolares.

A edição de estréia do Lanterna Verde, naquela época míseros 10 centavos e hoje avaliado em 130 mil dolares...

O primeiro 'gibi' dos X-Men, lançada em Setembro de de 63. Na capa esta o time original contra Magneto que havia tomado controle de uma base de mísseis. Hoje esta valendo 13 Mil Dolares.

Em maio de 1962 nasce a fera, Hulk.

Thor foi um trabalho a seis mãos, Stan Lee, Larry Lieber e Jack Kirby. Primeira aparição foi feita em agosto de 1962

Apareceu na edição de nº69 do quadrinho "Tales of Suspense" e acabou sendo um livro dividido em quadrinhos. Hoje o valor estimado é de U$3.500,00

A primeira aparição do Quarteto Fantástico foi em novembro de 1961, e em 2005 uma edição foi vendida por $20,630.50


Capitão América nasceu em Março de 1941 e o valor estimado é de U$ 125.000,00

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Herois sem poderes

Existem muitos super-hérois que não passam de pessoas normais, que devido a algum tipo de trauma passaram a usar uma fantasia e lutar contra o crime. Nesta lista, listaremos os maiores Super-Heróis que não possuem Super Poderes. Porém listaremos heróis que não precisam de armaduras, ou algum objeto mágico que lhe dão poderes, como por exemplo: Lanterna Verde, Besouro Azul ou Homem de Ferro.



10. Robin

Personagem das aventuras de "Batman", Robin, o Menino-Prodígio, é o popular parceiro do Homem-Morcego.

Apareceu pela primeira vez na revista "Detective Comics", em 1940. Na trama, o jovem trapezista Dick Grayson vê seus pais acrobatas morrerem durante um número: a corda do rapézio foi sabotada pela máfia, em represália à negação do dono do circo em pagar "proteção". Investigando o caso, Batman descobre que o garoto quer vingar os pais. Aconselhando Dick a não tentar uma abordagem direta contra os criminosos, já que a polícia local está na folha de pagamento deles, o Cruzado Embuçado o treina intensivamente para que ele se torne seu parceiro na luta contra o crime.

Vários atores o interpretaram no cinema e na TV. O mais popular deles foi Burt Ward, na série de TV de 1966, que repetiu o papel no filme do mesmo ano. Foi substituído por Chris O'Donnell nos anos 90, no filme "Batman eternamente" (seguido por "Batman e Robin").


9. Questão

Vic Sage, ou Charles Victor Szasz foi criado em um orfanato católico sem saber quem foram seus pais. Este pode ter influenciado na insatisfação com sua vida. Ao atingir a maioridade Vic passou a mudar de cidade em cidade em busca de alguma satisfação. Ele a encontrou, por algum tempo, em Crown City, onde ele era um jornalista investigador da WWB-TV. Aqui, ele formou uma amizade com Professor Aristotle "Tot" Rodor que o ajudou a formar o Questão.

Ele lutou contra o crime em Crown City durante 4 anos, tendo como característica a linha-dura, derrotando malfeitores com mais ênfase do que nos seus noticiários. Sua lenda se espalhou como fogo pelas ruas de Crown City, e só menção do nome Questão, o homem-sem-face, o seu incansável combate ao crime e seus misteriosos cartões, eram o bastante para cravar o medo nos corações dos criminosos e corruptos.

Todo herói possui uma motivação para suas ações, seja em busca de justiça, vingança ou, então, o puro instinto pela violência. O questão não existe por nenhuma dessas razões, mas apenas para questionar o que está ao seu redor. A motivação dele é a curiosidade, uma curiosidade tão profunda que se torna uma obsessão.

8. Gavião Arqueiro

Gavião Arqueiro era um modesto mas habilidoso arqueiro de circo, até que viu o Homem de Ferro em ação. Achando que também podia ser um herói, ele fez um uniforme e iniciou uma ronda pela cidade. Mas, para seu azar, em sua primeira missão (capturou ladrões de jóias) foi confundido com membro de quadrilha pelos policiais. Ele foi salvo dos tiras pela Viúva Negra, que o recrutou em sua luta contra o Homem de Ferro. Com o passar do tempo, o Gavião deixou a vida de crimes, limpou seu nome e passou a lutar ao lado dos Vingadores.



O Gavião Arqueiro já foi chamado de diversos nomes no Brasil, entre os quais: Hogar, Gavião, Falcão, e O Arqueir.

Primeira aparição: Tales of Suspense 57.

7. Nick Fury

Herói de guerra do exército americano durante a Segunda Guerra Mundial e atual super-espião e agente de elite da S.H.I.E.L.D., Nick Fury é um dos personagens mais influentes do Universo Marvel. Surgindo como um fumante de charutos, líder de uma unidade de elite do exército norte-americano (o Comando Selvagem), Fury conseguiu ascender ao posto de Comandante Geral da S.H.I.E.L.D., subordinado diretamente ao presidente dos Estados Unidos da América.

Após a "Era de Ouro" dos Quadrinhos, Fury, que havia se tornado um um agente da CIA, estreou alguns meses depois no gibi americano do "Quarteto Fantástico" número 21 (dezembro de 1963). Então, a partir da revista "Strange Tales" 135 (agosto de 1965), o personagem se transformou em um tipo de espião no estilo James Bond, sendo o agente líder da agência de espionagem ficcional S.H.I.E.L.D.

6. Arqueiro Verde

Esse Robin Hood moderno surgiu originalmente como uma mistura de "Batman" com Barin (o príncipe de "Flash Gordon"), em 1941 (no gibi "More Fun Comics" 73).

Na história da sua origem, Oliver Queen era o típico milionário industrial playboy que, certa noite, bêbado, caiu de seu iate e se viu naufragado numa ilha deserta próxima à costa da Califórnia. Conseguindo se alimentar após fazer um conjunto rústico de arco e flechas para caça e pesca, ele finalmente descobriu o que era viver sem os confortos da civilização. A salvação veio quando um grupo de meliantes desembarcou na ilha (a qual usavam como esconderijo). Queen os pegou de surpresa, tomou seu barco e os entregou à Guarda Costeira. Embora tenha se mantido anônimo, a imprensa local publicou a história e o chamou de Robin Hood moderno.


De volta à cidade, Queen decidiu passar as horas vagas combatendo o crime como Arqueiro Verde.

Pouco após iniciar sua carreira de combate ao crime, nosso herói adotou um jovem chamado Roy Harper, que se tornou seu auxiliar mascarado, Ricardito (que estava para seu mentor como Robin estava para Batman). Durante algum tempo, o Arqueiro Verde também foi membro da Liga da Justiça e fez um tremendo sucesso como herói mascarado.


5.Viúva Negra

Natasha Romanoff foi salva de um incêndio por Ivan Petrovich. Matriculada na escola pelo governo soviético, ela se mostrou a melhor aluna. Ela era a melhor em tudo... ginástica, dança, artes marciais... e isso não passou despercebido ao estado soviético. Anos depois, treinando em uma academia, conheceu Alexi, com quem se casou. Ele era um dos pilotos soviéticos mais consagrados... e os russos tinham planos para ele.

Os agentes do governo forjaram um acidente com o avião de Alexi para que ele fosse dado como morto e, em segredo, transformado em agente especial. Para Natasha, contaram que ele havia morrido. Desesperada e sem saber o que fazer ela foi submetida a um treinamento intensivo e recebeu o nome-código de "Viúva Negra".

O primeiro trabalho da Viúva foi roubar segredos industriais. Ela se infiltrou nas indústrias Stark e tentou levar planos de armas. Em uma de suas missões, a espiã conheceu o Gavião Arqueiro. Ela usou o usou para roubar segredos de Stark (o Homem de Ferro). Só que as coisas não saíram como o esperado, pois se apaixonou pelo heróico parceiro. Foi assim que ela desertou pela primeira vez para os Estados Unidos.

Mas, pouco depois, a "traidora" foi capturada e levada de volta à Cortina de Ferro. Lá foi forçada a retornar ao Serviço se não quisesse ver seus pais mortos. A Viúva voltou para os Estados Unidos usando um uniforme especial. Se juntando novamente ao Gavião, voltou a atacar as indústrias Stark.

4. Elektra

Elektra era filha do embaixador grego Hugo Natchios, um importante homem no cenário político internacional. Dono de uma grande fortuna e de esplêndida cultura, possuía condições de proporcionar a sua família uma vida de muito luxo. Mas Christina Natchios, a esposa, não soube valorizar isso ou respeitar seu marido, mas amava a fortuna e a luxúria que regiam sua vida.

Quando completou 12 anos, a garota arremessou seu Sensei para fora do tatame, com golpes que ele não pode evitar. O velho sem levantar a cabeça admitiu que não havia mais nada que pudesse ensina a jovem, e que ela havia se tornando melhor do que ele. Foi então que ela soube dos Virtuosos, um grupo de sábios ninjas que se tornaram os mais exímios mestres que se poderia imaginar. Elektra foi em busca desses novos mestres e dos limites e desafios que eles poderiam oferecer, escalou a montanha e foi encontrada por Stick quase congelada. Ela foi aceita no grupo como discípula, mas também tinha que se sujeitar a serviços de uma escrava, que ela realizava com prazer em troca dos desafios. Elektra escolheu como sua arma a adaga Sai, era com esse nome que ela pretendia ser a oitava Virtuosa. Ela aprendeu tudo o que havia para ser aprendido: lutar, andar na neve sem deixar pegadas, se comunicar sem palavras, pegar um pássaro em pleno vôo, não sentir frio, não dormir, superar a dor, se ocultar como se fosse invisível. Mas ela buscava por mais.

A ambição de Elektra em pôr em prática no mundo exterior o que aprendeu fez com que ela fosse expulsa dos Virtuosos.

Elektra voltou para casa, e depois, aos 19 anos, foi para os Estados Unidos concluir seus estudos na faculdade. Em N.Y. ela conhece um jovem cego de sua idade, o estudante de direito Mattew Murdock. Matt, claro, se tornaria mais tarde o Demolidor. Uma grande paixão se formou.

Sua fama chamou a atenção do Rei do Crime. Ele tinha perdido seu principal matador, o Mercenário, capaz de usar qualquer objeto como a mais mortífera arma. O Rei do Crime entrou em contato com ela e contratou seus serviços. Seu principal trabalho era matar o Demolidor, mas a jovem descobriu que ele, na verdade, era seu antigo namorado Matt. Depois de muitas lutas, confrontos e desentendimentos, os dois retomaram o romance por um tempo.

O Rei do Crime não podia aceitar o fracasso de sua empregada e sua traição. Quando o Mercenário saiu da prisão, decidiu que mataria a ninja para mostrar ao chefe seu valor. E assim o fez. Esse episódio é considerado um dos melhores da série "Demolidor".

3. John Constantine

Em 1953, John Constantine veio ao mundo de uma maneira marcante. Seu nascimento foi cheio de problemas ocasionando a morte da mãe e do irmão gêmeo.O pai Thomas Constantine, perdeu qualquer esperança de emprego regular quando teve seu braço decepado durante um acidente de trabalho. Assim, John e sua irmã, Cheryl, foram deixados com parentes enquanto seu pai procurava trabalho. John era sempre rejeitado pelas pessoas. Talvez pela por ser franzino e possuir um aspecto de uma pessoa doente. Foi através deste isolamento que ele veio a descobrir a magia.

No início dos anos 70, John havia estudado uma infinidade de disciplinas mágicas e tinha organizado um grupo de companheiros adeptos. Eles se tornaram, então, parte do cenário punk de Londres no final da década e montaram uma banda chamada Membrana Mucosa. Em 1978, Constantine e seus amigos viajaram até o Casanova Club, em Newcastle, para investigar informes de distúrbios mágicos. No porão do clube, eles acabaram encontrando um verdadeiro matadouro - uma dúzia de pessoas rasgadas de membro a membro ( lançado aqui pela editora abril : Vertigo #5 ).

No andar de cima, descobriram a filha do dono do mórbido estabelecimento, Astra Logue, dançando e ouvindo uma gravação da chacina. Ela tinha incosncientemente, conjurado o cão infernal Norfulthing para protegê-la dos abusos sexuais de seu pai. Confiante de que poderia lidar com a situação, John tentou invocar um demônio para destruir o ser bestial, mas o demônio o enganou, possuiu Astra e carregou-a para o mundo inferior.

Criado por Alan Moore, John Totleben e Steve Bissette. Teve sua primeira aparição na revista "Saga of the Swamp Thing #37" em Junho de 1985.

2. O Justiceiro

Personagem dos quadrinhos da editora Marvel, o Justiceiro apareceu inicialmente como um coadjuvante da revista do "Homem-Aranha" (sua estréia se deu no número 129 da revista americana do famoso herói, em 1974) e de outros heróis da casa. Todavia, sua cada vez mais crescente popularidade (principalmente a partir dos anos 80, quando foi trabalhado por Frank Miller) fez com que ganhasse suas próprias histórias e revistas.

O Justiceiro era uma cópia de outro herói, que aparecia em livros de aventura, o Executor. Sua origem só foi revelada aos leitores anos mais tarde: Castle é de origem italiana (o desenhista Ross Andru calcou sua fisionomia num parente franco-americano seu), nascido em Queens N.Y.. A família Castiglione tradicionalmente gerava homens durões, e eram muito católicos, com alguns padres na família. Frank foi criado nesse ambiente, ele seguia os valores morais de sua família, e teve base para a formação de um caráter honesto, trabalhador, religioso e colocando a família acima de tudo na vida.

1. Batman

Batman foi co-criado pelo desenhista Bob Kane e o escritor Bill Finger, embora apenas Kane receba oficialmente os créditos, apesar de seus esforços para dividir os méritos na criação do personagem. Fã da cultura vampiresca, especialmente das histórias ligadas ao personagem conhecido como Drácula, Kane imaginou um herói baseado no mesmo, com roupas negras, capa vermelha e ligado ao tema dos morcegos, mas foi Finger que deu ao personagem o formato pelo qual ficaria consagrado.

Através dos anos, a origem de Batman e o tom das histórias sofreram diversas revisões. Uniformes, parceiros e até a própria personalidade do Batman sofreram mudanças drásticas; outros, como a morte de seus pais e sua busca por justiça, ficaram intactos.

Constante em todas as versões do Batman, Batman é o alter-ego de Bruce Wayne, milionário, playboy, empresário e filantropo que optou por combater o crime em Gotham City após o assassinato de seus pais, o médico Thomas Wayne e sua esposa Martha Wayne.

Bruce Wayne criou o Batman para causar medo no submundo de Gotham e para defender os inocentes. O uniforme e a maneira como age quando o usa têm o objetivo de intimidar seus adversários. Enquanto Bruce Wayne é despreocupado e irresponsável, Batman é frio, determinado e implacável. Além do uniforme e da personalidade, Bruce Wayne também altera sua voz significativamente quando torna-se Batman, tanto para disfarçar como para intimidar.

Na verdade, Batman é a personalidade real na mente de Bruce Wayne. Em alguns momentos isso ficou bem claro. Em uma história em quadrinho, Alfred pediu para que ele tirasse a máscara para ficar mais a vontade, Batman retrucou: "As vezes eu fico mais a confortável de máscara". Num episódio de Batman do futuro, ficou claro que ele mesmo quando pensa, a sua subconciência o chama de Batman. Mostrando que Batman que é a verdadeira personalidade e Bruce Wayne apenas uma fantasia.

Batman costuma atuar apenas pela noite (e não durante o dia, como no seriado dos anos 1960), imitando os hábitos dos morcegos. Em histórias mais recentes, surgiu a ideia de Batman como uma lenda urbana.

O Atual Batman foi revelado após a minissérie Batlle for the Cowl, e é Dick Grayson o primeiro Robin tendo como seu parceiro Damian Wayne como Robin

terça-feira, 11 de maio de 2010

Conan da Cimeria

Conan

Dados sobre publicação
Publicado por Marvel Comics
Dark Horse Comics
Primeira Aparição Nos Estados Unidos: Conan the Barbarian #1 (1970)
Criado por Robert E. Howard
Roy Thomas
Barry Windsor-Smith
Características do personagem
Terra natal Ciméria
Afiliações Sonja
Ocupação Guerreiro da Era Hiboriana
Habilidades Mestre com a espada, artista marcial, conhecimentos e experiência de lutas contra o sobrenatural

http://imagens.kboing.com.br/papeldeparede/13188conan.jpg
Conan, o bárbaro, personagem de literatura criado por Robert E. Howard, foi primeiro adaptado para os quadrinhos pela Marvel Comics, por iniciativa de Roy Thomas e que tornaria conhecido dos leitores o artista britânico então iniciante Barry Windsor-Smith. A série inicial foi Conan the Barbarian, que surgiu em 1970. Desde 2003, os quadrinhos de Conan são publicados pela Dark Horse Comics. O personagem Conan estreiou no Brasil trazido pela Minami & Cunha Editores (M&C Editores), no ano seguinte foi publicado por 2 editoras Roval (que também publicava Kull, chamado de Koll, O Conquistador) e Graúna , esta última não possuia licença da Marvel, entretanto publicou assim mesmo sob o nome de Hartan, O Selvagem, que teve uma única edição.[1] Em 1976 passou a ser publicado pela Editora Bloch, mas se tornaria também um grande sucesso no país quando passou para a Editora Abril na década de 1980, que lançou várias revistas com o herói, principalmente "A Espada Selvagem de Conan", versão da cultuada revista americana, publicado em tamanho grande e quadrinhos adultos em preto e branco.

Conan adaptado para outros formatos

No começo da década de 70 a editora Marvel Comics começou a publicar histórias em quadrinhos de Conan, com estrondoso sucesso, e esse é o meio a que sua imagem ficou mais vinculada. Os quadrinhos de Conan foram editados pela Marvel até 2004, quando a editora desistiu dos direitos do personagem, que foram adquiridos pela Dark Horse Comics, que começou então a publicar a premiada revista Conan, mais um sucesso de crítica e de público.

Conan foi adaptado com muito sucesso para o cinema por duas vezes nos filmes Conan, O Bárbaro (em 1982) e Conan, O Destruidor (em 1984). Em ambos os filmes, Conan foi interpretado pelo ator Arnold Schwarzenegger.

A Era Hiboriana


Ficheiro:Mapa de la Edad Hiboria.jpg

Era Hiboriana

Saiba, ó príncipe, que naqueles anos em que os mares sorveram Atlântida e os vislumbres de cidades, e à época do surgimento dos Filhos de Aryas, houve uma era inimaginável, durante a qual os reinos de esplendor se espalharam pelo mundo como miríades de estrelas sob o manto azul dos céus - Nemédia, Ophir, Brithúnia, Hiperbórea. Zamora, com suas mulheres de cabelos escuros e torres assombreadas por aranhas misteriosas; Zíngara e a nobreza; Koth, fonteiriça com as terras pastoris de Shem; Stygia, com as tumbas vigiadas por fantasmas; Hirkânia, e os cavaleiros vestidos de aço e seda e ouro. Porém, o reino mais orgulhoso do mundo era a Aquilônia, soberana do Ocidente sonhador. Nesta época surgiu Conan da Ciméria, cabelos negros, olhar sombrio e espada na mão, ladrão, saqueador, assassino, assolado igualmente por gigantescas crises de melancolia e jovialidade, para pisotear os adornados tronos da Terra com suas sandálias." (Crônicas da Nemédia)

As histórias de Conan e de alguns outros personagens de Howard se passam na fictícia Era Hiboriana, uma época pré-glacial anterior ao registro da história conhecida, posterior à suposta submersão de Atlântida, segundo L. Sprague DeCamp, doze mil anos atrás, segundo outro autor, Dale Ripke, trinta e cinco mil anos atrás.

O excerto acima foi retirado do livro publicado pela Editora Conrad no Brasil[1], com os contos originais de Howard. A tradução deixa a desejar, inclusive, a referida citação contém erros que foram reproduzidos fielmente.

http://hyboria.xoth.net/maps/hyborianauctionmap.jpg

Ciméria

Conan é natural da fantasiosa Ciméria, um reino fictício do norte, considerado místico e bárbaro pelos mais civilizados reinos do Sul e que, geograficamente, corresponderia aproximadamente às Ilhas Britânicas. Os cimérios eram, supostamente, descendentes decaídos dos antigos atlantes e eram conhecidos por sua belicosidade, habilidade em escalar obstáculos e ódio aos atarracados pictos e aos ruivos vanires, dois outros povos com os quais disputavam fronteiras.

Quem é Conan

Nascido em um campo de batalhas e filho de um ferreiro, aos quinze ou dezesseis anos, Conan deixou voluntariamente sua tribo e começou a vagar pelo mundo, tendo lutado ao lado dos loiros aesires sendo, posteriormente, escravizado pelos hiperbóreos. Escapando, atuou como saqueador, mercenário e pirata, sendo esta fase uma de suas mais marcantes devido a seu grande amor, a morena Bêlit, mais conhecida como a Rainha da costa Negra, que veio a falecer nas mãos do último sobrevivente de uma raça milenar. Durante sua vida enfrentou guerreiros, feiticeiros, monstros, vampiros, demônios, lobisomens e até mesmo criaturas dimensionais. Após inúmeras aventuras, aos quarenta anos, Conan conseguiu se tornar rei da Aquilônia, que, junto com a culta Nemédia, constituíam as mais altivas e poderosas nações hiborianas. Isto se deu após uma sangrenta guerra civil, quando o cimério estrangulou o traiçoeiro regente anterior, Numedides, e usurpou o trono. Após algumas tentativas deposição, ele teria se casado com a cortesã Zenóbia e tido filhos com a mesma. Depois de cerca de trinta anos no poder, com cerca de sessenta e oito anos, Conan teria deixado o reino para seu filho mais velho, Conn, e partido para o enigmático Oeste, onde, após uma contenda nas misteriosas Ilhas de Antillia, remanescentes da desaparecida Atlântida, teria rumado com velhos companheiros de seus tempos de pirata ao obscuro continente de Mayapan, sendo que até aqui constam suas crônicas.

Personalidade e habilidades de Conan

Conan é descrito como ladrão sagaz, mercenário e assassino frio, formidável guerreiro, com olhos sombrios e mãos sempre prontas a empunhar uma espada. Vaga pelo mundo, por luta, ouro, mulheres e vinho. Detesta particularmente a magia e todos os seus praticantes. Ainda assim, ele conserva um certo príncipio ético de justiça, o que o faria, por exemplo, defender pessoas indefesas, depor governantes mesquinhos, etc. Seu deus é Crom, considerado distante e que pouco liga para o destino dos homens. É considerado invencível no combate de espadas. Possui força física avantajada e reflexos e sentidos aguçados. Ele também é um líder nato e excelente estrategista militar.


Constantes nas histórias de Conan

Duas constantes nas histórias de Conan são as aparições quase que obrigatórias de seres sobrenaturais grotescos e mulheres inversamente belas. Dentre estas, além da Rainha da Costa Negra, apareceram com destaque em suas aventuras as guerreiras Red Sonja (nos quadrinhos) e Valéria. Quase todas as bestas acabam inevitavelmente sendo mortas por Conan, e quase todas as mulheres, seduzidas por ele. Suas aventuras são sempre bastante violentas, repletas de ação, sendo que os reinos mais civilizados são mostrados como antros de corrupção, decadência, libertinagem e burocracia. O motivo disso seria a grande decepção de Howard com os rumos da sociedade moderna. Por isso, em suas histórias, aqueles que são chamados de bárbaros é que são geralmente os guardiões de uma certa ética.

Principais inimigos de Conan

  • Toth-Amon (Rath-Amon no desenho animado)
  • Thulsa Doom
  • Devorador de Almas
  • Príncipe Yezdigerd

http://www.joshuadysart.com/journal/archives/conan.jpg

sábado, 8 de maio de 2010

Herois trabalhando

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Hércules

Hércules
http://readrant.files.wordpress.com/2008/08/the-incredible-hercules.jpg

Dados sobre publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira Aparição Journey to Mistery Anual #1 (1965)
Criado por Stan Lee e Jack Kirby, adaptado do Hércules mitológico
Características do personagem
Alter ego Héracles (nome grego)
Espécie Olímpicos
Terra natal Monte Olimpo
Afiliações Vingadores
Defensores
Os Campeões
Panteão olímpico
Argonautas
Parentesco Zeus (pai)
Codinomes conhecidos Harry Cleese
Agente 74
Deus de Força
Príncipe do Poder
Vencedor Tegler
Habilidades Força super-humana, invulnerabilidade, resistência e fibra, imortalidade e combatente corpo-a-corpo.

http://i.livescience.com/images/HERC126_cov.jpg
Hércules é um personagem imaginário, um deus olímpico e super-herói no universo de Marvel Comics, baseado na lenda do mais famoso herói e semi-deus grego Héracles. Hércules, o nome romano, é um herói Marvel mas foi primeiro usado como adversário do Hulk e de Thor.

http://revistaogrito.com/soc/wp-content/uploads/2009/09/hercules.jpg

Hippolyta

Olímpicos Hippolyta, a rainha das Amazonas, conheceu Hércules quando ele, Jasão e os Argonautas aterrissaram perto de um lugar seguro da cidade de Themiscyra. Lá eles tentaram roubar o cinto encantado de Hippolyta subjugando qualquer escravo que estivesse no caminho. Temerosa pela vida da irmã Hippolyta, Antiope se disfarça de boa vontade como Hippolyta. Jasão, pensando ser a rainha das Amazonas, sequestra Antiope e a lhe fez noiva. Ela teve um filho que chamou de Hippolytus demonstrando seu amor pela irmã.

Inicialmente ressentida com Hércules pela invasão, Hippolyta se apaixonou por ele. Durante os séculos, ela tentou várias vezes ganhar o afeto dele mas em última instância o herói nunca lhe deu o coração. Assim uma relação de amor e odio foi formada entre os dois.

http://www.dragonhero.com/graphics/marvel2/hercules.jpg

Era moderna

Nessa fase Hércules apareceu primeiro quando foi escravizado pela feiticeira asgardiana Encantor e atacou Os Vingadores, seus velhos inimigos. Hércules foi livrado por Gavião Arqueiro e rapidamente ficou amigo do arqueiro e dos outros Vingadores, especialmente depois que ele foi banido de Olympus devido a ida sem autorização para a Terra. Durante este tempo, ele ficou como convidado dos Vingadores, depois se tornou membro oficial do time.

Ainda servindo com os Vingadores, Hércules voltou a Olympus para ajudar os deuses a deter o ataque do titã Typhon. Depois disto, permanece em Olympus. Enquanto ali Hércules foi envolvido em um enredo por Ares para incitar uma guerra entre Olympianos, Asgardianos e, eventualmente, a Terra. Com a ajuda de Thor e os Vingadores, foi evitada a guerra. Depois disto, Hércules interage com a Terra em um papel de apoio, une Os Campeões e ajuda os Vingadores, especialmente durante a crise que envolve Korvac. Depois de Korvac, Hércules reuniu-se aos Vingadores como um membro de tempo integral.

http://popculturezoo.com/wp-content/gallery/marvel-jan-ek/50_INCREDIBLE_HERCULES_140%20(Custom).jpg

Mestres do Terror

Estava com os Vingadores quando eles sofreram o ataque do Barão Helmut Zemo e dos Mestres do Mal no "Assédio da Mansão". Durante o ataque, um Hércules bêbedo e drogado ignora ordens da líder Vespa, ataca alguns dos Mestres do Terror e os detém até ser batido por Golias e posto em coma por outros dos vilões.

Encerrado o "Assédio de Mansão", Hércules foi levado por Zeus a Olympus para se recuperar enquanto os Vingadores foram encarcerados em Hades como castigo pelo estado de Hércules. Só a intervenção de um Hércules recuperado terminou o conflito entre Zeus e a equipe. Zeus perdoa os Vingadores mas proibe Hércules de envolvimento com a Terra.

Hércules, sempre o filho rebelde, desobedece Zeus e volta para a Terra, ajudando os Vingadores contra o Alto Evolucionário. Durante este novo conflito, Hércules foi amarrado a uma máquina que o evoluiria além do nível dos deuses comuns. O dispositivo feriu e evoluiu Hércules e o Alto Evolucionário em um estado bem além dos deuses, aparentemente ambos se desintegrando.

Mas depois descobriu-se que eles na verdade foram lançados fora da realidade. Seqüestrados pelo Celestial Enigmático e levados à Galáxia Negra, tornaram-se prisioneiros. Foram salvos por Eric Masterson e Thor. Hércules voltou a Terra onde uma vez mais se uniu aos Vingadores. Se tornou um membro de reserva ativo depois da reorganização do time pela ONU. E um membro ativo depois do desaparecimento de Thor.

http://media.comicvine.com/uploads/0/77/314639-20588-123397-2-incredible-hercules_super.gif

Exílio

Hércules foi confrontado então por um Zeus enfurecido pela preferência do filho pelo mundo mortal. Hércules foi despojado da imortalidade e muito do seu poder por Zeus, que o exilou na Terra.

Lá, o traumatizado Hércules obteve apoio dos Vingadores, especialmente Deathcry a quem ele ajudou a devolver ao seu lar Shi'ar. Ao voltar do espaço, descobriu Hércules que os Vingadores aparentemente se sacrificaram para deter o ser conhecido como Massacre. Abatido pela perda dos camaradas, voltou a beber e se torna alcoólico durante um tempo. Os Vingadores remanescentes o licenciaram.

Depois de sair dos Vingadores, Hércules viajou à procura de aventura e serve brevemente com os Heróis de Aluguel. Quando os Vingadores e outros heróis retornaram do exílio, Hércules reformado se reuniu ao time mas opta para ficar na reserva em lugar de servir como membro ativo. Hércules também procurou Golias, agora conhecido como o Atlas, para se vingar de quem lhe deixou em coma. Gavião Arqueiro o convenceu a desistir da vingança, às custas da longa amizade deles.

Trabalhos novos

Com a dissolução dos Vingadores e a destruição de Asgard, Hércules voltou aos velhos hábitos, freqüenta barras e avança a imagem de um bêbedo.

Com Hércules em uma posição vulnerável, Hera decidiu golpea-lo com um jogo novo de Trabalhos. A este fim, ela utilizou Euristeus, agora o lider de uma companhia moderna, para filmar um espetáculo de televisão de realidade fazendo Hércules completar Trabalhos novos, atualizados para a idade moderna. Durante o curso dos trabalhos, foi perdoado por Mégara, e voltou para derrotar Euristeus.

Depois dos Trabalhos, batalhas mais mundanas se deitam em espera para Hércules, mas quando ele feriu o Constritor severamente em uma luta, foi processado pelo super-vilão e acaba em ruína financeira. Depois, Hércules foi perguntado por Zeus se podia voltar a Olympus e montar uma defesa contra invasores até Ares voltar. Depois que Ares voltou para ajudar na defesa da casa dos deuses, Hércules pôs de lado o feudo dele para trabalhar para uma meta comum. Depois de ajudar defender Olympus, Hércules voltou uma vez mais a Terra, e se juntou ao Controle de Dano para ganhar dinheiro. Previamente, Hércules teve que executar serviço de comunidade com Controle de Dano, como resultado dos estupores bêbedos dele. Porém, este tempo ele é um empregado que trabalha em construção e demolição. Em um dos famosos jogos de pôquer do Coisa, Hércules se defronta com o Constritor e acaba recuperando muito da sua fortuna.

http://media.comicvine.com/uploads/2/22062/421811-191395-43097-hercules_super_super.jpg

Guerra Civil

No evento de 2006 da Marvel Comics, o crossover chamado Guerra Civil, Hércules é contrário ao Ato de Inscrição de Super-Humanos e parece considerar os heróis que se colocaram a favor da inscrição (liderados pelo Homem de Ferro) como "traidores". Ele levou o pseudônimo "Vencedor Tegler". Nas páginas finais de Guerra Civil #3, ele é incapacitado por um relâmpago provocado por Thor que volta à Terra abruptamente.

http://thequarterbin.com/wp-content/uploads/2008/05/herc117.jpg

Relação com outros Deuses

O Poderoso Thor: Hércules conduziu um ataque aos Asgardianos mas foi detido por Thor. Eles ficaram aliados e amigos até hoje, mas também são rivais.

Outros Deuses : Hércules é o filho favorito de Zeus. Inimigos de Hércules são Hades, Ares e Hera. É separado de Hebe.

http://www.marvunapp.com/Appendix/sweetwater1.jpg

Hércules 2300

Hércules apareceu em duas minisséries, uma graphic novel, e vários outros assuntos que descrevem uma Terra alternada onde ele foi exilado em espaço por Zeus. Coloquialmente conhecido como Hércules 2300, esta Terra de substituto é designada Terra-829. Hércules ofende Zeus que deseja ensinar a humildade de filho dele. A este fim, Zeus planeja exilar Hércules uma vez mais. Porém, pelo 24º século, avançou grandemente humanidade, com cidades flutuantes, viagem espacial avançada, e grande aumento mental. Banir Hércules para Terra estariam ego-derrotando, como adorações de humanidade Hércules como um deus. Ao invés, Hércules é exilado em espaço, com a carruagem de Apollo e corcéis como uns meios de passagem. Durante as jornadas dele, encontra e ajuda um Skrull nomeou Skyppi, o Rigelliano Registrador #417, junto com galantear várias senhoras (um de quem daria à luz um filho que se tornaria o imperador de um planeta e amargo para o ausente dele gere) e lutando vários estrangeiros. Uma aventura particular achou Hércules que galanteia Nova, arauto de Galactus antes do próprio Galactus lutador. Tentando derrotar Galactus primeiro com os punhos dele, então o fazendo bêbado, Hércules só teve sucesso fazendo Galactus se divertir. Porém, isto provou ser bastante, como Galactus esqueceu da fome dele temporariamente, e poupou o planeta que Hércules estava defendendo.

http://www.marvunapp.com/Appendix4/argoalmightymc21.jpg

MC2

Hércules engravidou uma mulher desconhecida e fez para o MC2 o personagem Argo, o Todo-poderoso. Ele tem o poder de força Religiosa e resistência.

http://www.newsarama.com/preview_images/marvelnew/dec08/herc124_cov.jpg

Poderes e habilidadesAlinhar ao centro

  • Poderes: Hércules possui várias habilidades sobre-humanas que são comuns à raça de seres conhecidas como Olímpicos.

Seu poder primário é a força física, que é vasta em Hércules. É fisicamente o mais forte de todos os Olímpicos, é capaz de levantar mais de 100 toneladas. Hércules é considerado um dos personagens mais fortes do universo Marvel (junto com o Hulk, Abominável, Thor, Gladiador, Fanático e Hyperion).

Hércules possui uma musculatura altamente desenvolvida, praticamente não gera ácido láctico o que lhe concede uma fibra sobre-humana próxima da ilimitada em todas as atividades físicas sendo praticamente infatigável.

Aparte de sua vasta força física, Hércules é funcionalmente imortal, como todos os outros membros de sua raça. Ele não envelheceu desde alcançar maioridade, é imune a todas as doenças conhecidas, e não pode ser morto por meios convencionais. Ele pode até mesmo sobreviver desprotegido no vácuo do espaço por breves períodos.

Como os Olímpicos o corpo de Hércules é altamente resistente a danos físicos. Porém, a sua resistência é consideravelmente mais alta do que à maioria dos de sua raça. Seu corpo pode resistir ao impacto de armas de grosso calibre, quedas de alturas tremendas, a exposição a extremas temperatura, vastos níveis de energias e poderosas explosões sem sofrer dano. Embora seja possível feri-lô, à condição divina de Hércules permite curar-se com velocidade sobre-humana. Porém, Hércules não é capaz de regenerar membros perdidos ou órgãos sem a ajuda de magia. Um ferimento de grande magnitude ou a completa dispersão de moléculas de seu corpo pode causar sua morte. Em alguns casos Zeus ou outros deuses podem ressucitá-lo.

  • Habilidades: Hércules é excelente combatente em lutas greco-romanas. Hercules é altamente qualificado e experiente com todas as formas de armamento usadas na Grécia antiga.